Hortelã

Sobre a receita

Saiba mais sobre a hortelã, também conhecida por Menta. Especiaria muito apreciada no mundo inteiro e que também tem muitas propriedades medicinais.

Hoje falaremos de uma folhinha muito usada para fazer sucos, chás e também em outros tipos de receitas. É também muito usada para fazer balas e chicletes, devido ao seu sabor refrescante. Esse sabor também faz com que a planta seja usada na produção de pastas de dente. Estamos falando da hortelã, também chamada de menta. Veja sua classificação científica, sua descrição e suas propriedades medicinais.

Classificação Científica da Hortelã

Nome Científico: Mentha L.

  • Reino – Plantae
  • Filo – Magnoliophytajg
  • Classe – Magnoliopsida
  • Ordem – Lamiales
  • Família – Lamiaceae
  • Género – Mentha

Descrição (Informações Sobre a Planta)

Mentha L. (Menta) é um gênero botânico da família Lamiaceae, espécies com a maioria originárias da América do Norte, Austrália e Ásia. E a hortelã faz parte desse gênero.

As mentas são plantas herbáceas vivazes , compreendendo numerosas espécies, das quais muitas são cultivadas visando suas propriedades aromáticas e condimentares, ornamentais ou medicinais.

A planta possui propriedades medicinais. É usada como anti-séptico, aromática, digestivo, estomáquica e expectorante. Falaremos mais sobre essas propriedades logo abaixo.

Em países lusófonos (que falam a língua portuguesa e possuem um conjunto de identidades culturais parecidos), as espécies deste gênero são popularmente conhecidas como Hortelãs, embora o nome Menta também seja por vezes utilizado.

Propriedades Medicinais da Hortelã

Essas pequenas folhas são usadas de diversas formas na culinária mundial. E além de dar sabor e aroma aos pratos, sucos e chás, a hortelã também é usada como medicamento natural para tratar algumas doenças.

Na má digestão, o chá de hortelã é bastante eficaz. Ele alivia dores estomacais e acaba com os gases. Por isso, é recomendado que se tome uma xícara logo após as refeições.

Quem sofre com náuseas e dores de cabeça também pode recorrer a estas folhinhas. O enjoo em viagens ou durante a gravidez é tratado com uma xícara do chá de hortelã diariamente. E nas dores de cabeça a hortelã funciona como um calmante, que alivia o estresse e, consequentemente acaba com as dores de cabeça.  Para tanto, pode-se esfregar as folhas na região da testa.

Nas gripes e resfriados a hortelã é muito eficaz, pois funciona como descongestionante natural. Suas propriedades expectorantes ajudam a eliminar as secreções nasais, além de ter também propriedades anti inflamatórias. Quem sofre com doenças respiratórias como a asma, rinite ou bronquite pode ter alívio dos sintomas tomando suco ou chá de hortelã.

Hortelã - Menta

A hortelã é muito usada em sucos e chás

Outra utilização das folhas de hortelã é no combate à fadiga. Pessoas que fazem atividade física intensa ou têm uma vida muito agitada, podem sofrer desgastes nos músculos que levam à uma fadiga intensa, e que em alguns casos pode até levar até a uma depressão. Para aliviar essa tensão, as folhas de hortelã podem ser usadas no travesseiro, pois basta o cheiro da erva para acalmar. Existem alguns produtos industrializados, como óleo de mentol ou hortelã, que podem ser usados para pingar no travesseiro ou espalhar pelo corpo, potencializando o momento de descanso. Tomar uma xícara de chá de hortelã antes de dormir também é muito eficiente.

E para quem deseja emagrecer, temos uma excelente notícia: a hortelã estimula as enzimas digestivas, as quais irão agir para a melhor absorção de vitaminas e minerais, garantindo a nutrição e digestão saudável, induzindo à eliminação de toxinas. Isso faz com que o processo de emagrecimento seja acelerado, se o consumo do chá de hortelã for aliado a uma alimentação saudável e a prática de atividades físicas.

Procure por mais bebidas e receitas


Deixe seu comentário

Feed de Suco

Receitas em seu e-mail!

Cadastre-se e receba nossas bebidas!

Fechar